A China domina como uma potência de fabricação, enquanto os EUA ostentam um histórico de marcas icônicas. 

Uma dessas marcas, a Under Armour, frequentemente suscita perguntas sobre sua base de fabricação. 

Conhecida mundialmente por suas roupas esportivas de qualidade superior, a A Under Armour é fabricada na China ou nos EUA? 

Junte-se a nós e conheça a história da produção dessa renomada marca de roupas esportivas.

A Under Armour é fabricada na China ou nos EUA?

Fundada em 1996 em Maryland, Under Armour embarcou em uma jornada que começou com camisetas de futebol e agora concorre com gigantes como Nike e Reebok. 

Embora sua sede permaneça nos EUA, sua história de produção é mais complexa. Um segmento substancial de seus calçados tem sua origem na China, na Indonésia e no Vietnã, com uma mudança notável para o Vietnã recentemente. 

As roupas, apesar das raízes americanas da marca, são predominantemente produzidas na China e em outros países do Oriente. 

A marca, com sua vasta rede global de fabricação em 154 países, está elaborando uma estratégia que se inclina mais para práticas éticas de trabalho e transparência, garantindo a qualidade e a integridade de seus produtos.

Quem fundou a Under Armour?

Kevin Plank

Fundada por Kevin PlankEm 1996, a Under Armour iniciou sua jornada produzindo camisetas perversas para jogadores de futebol americano. 

A marca, com sede em Baltimore, Maryland, expandiu-se exponencialmente desde sua criação, desafiando gigantes do setor como Nike e Reebok.

Onde a Under Armour fabrica suas roupas?

A Under Armour, uma marca renomada de roupas esportivas, tem uma rede de fabricação que é verdadeiramente global, abrangendo mais de 154 países. 

Essa vasta rede demonstra a dedicação da marca em atender às demandas de sua base de consumidores internacionais, além de otimizar os custos de produção e a logística.

Quando se trata de sua linha de calçados, os principais centros de produção têm sido historicamente a China, a Indonésia e o Vietnã. 

Desses, a China era um participante importante. Mas, nos últimos tempos, houve uma mudança notável, impulsionada tanto pelas preocupações dos consumidores com relação aos padrões éticos de trabalho quanto pelas próprias decisões estratégicas da marca. 

LEIA  Where Are American Eagle Clothes Made in 2024 - Is it China?

O Vietnã, que já foi um ponto focal para a fabricação de calçados, agora também está emergindo como um centro essencial para a produção de roupas da marca.

Falando em roupas, embora a marca tenha nascido e tenha sua sede nos EUA, a maioria de suas roupas não é produzida no país. Em vez disso, esses produtos são fabricados em grande parte na China e em vários outros países do Oriente. 

Dito isso, ao entrarmos em 2023, a Under Armour embarcou em um redirecionamento estratégico. A marca está com o objetivo de reduzir a dependência de sua produção de roupas em relação à China e estabeleceu planos para fazer a transição de um volume significativo de sua fabricação para países como Indonésia, Filipinas e Camboja.

Essa mudança é emblemática da capacidade de adaptação da marca, que responde não apenas a fatores geopolíticos e econômicos, mas também às demandas e preocupações em evolução de sua base global de consumidores. 

A Under Armour é fabricada na China?

Historicamente, a Under Armour tem dependido muito das fábricas chinesas tanto para suas matérias-primas quanto para a produção final de seus produtos. Desde os tecidos até o vestuário esportivo acabado, o papel da China na formação do estoque da marca é inegável.

Entretanto, as recentes decisões estratégicas sinalizam uma mudança de direção para a Under Armour. A empresa está agora em um caminho determinado para reduzir sua dependência da fabricação chinesa. 

O objetivo? Reduzir o fornecimento de materiais da China para apenas 7% em um futuro próximo. Mas o que está motivando essa mudança significativa?

Vários fatores entram em jogo. As tensões comerciais predominantes entre os EUA e a China ressaltaram as vulnerabilidades da dependência excessiva das proezas de fabricação de uma única nação. 

Além disso, o crescente movimento "Made in America" também desempenhou seu papel, ecoando um apelo às marcas para que tragam mais de sua produção de volta às costas americanas, tanto como um sinal de garantia de qualidade quanto como um compromisso com o crescimento econômico nacional.

A Under Armour segue práticas de produção éticas?

As marcas com alcance global, como a Under Armour, inevitavelmente enfrentam escrutínio nessa frente, dadas as diversas normas trabalhistas em diferentes países.

A produção da Under Armour é diversificada, com unidades espalhadas por vários países orientais. Historicamente, essas regiões têm sido alvo de críticas por más práticas trabalhistas, especialmente no que diz respeito a sweatshops.

LEIA  A melhor marca chinesa de barbeador elétrico que você pode comprar no Aliexpress

No entanto, a Under Armour é uma exceção a muitos de seus concorrentes. Embora vários gigantes do setor de vestuário tenham enfrentado controvérsias relacionadas ao trabalho em fábricas de exploração, a Under Armour tem sido notavelmente bem-sucedida em evitar grandes escândalos.

Dito isso, vale a pena observar que foram levantadas preocupações com relação à transparência dos processos de produção da marca. 

A transparência total é fundamental para garantir que todos os aspectos da produção, desde a obtenção dos materiais até a costura final, sigam os padrões éticos. 

Para uma marca da estatura da Under Armour, isso engloba uma série de responsabilidades: desde assegurar que os trabalhadores recebam salários justos até garantir condições de trabalho seguras e humanas em suas fábricas.

Então, a Under Armour segue práticas de trabalho antiéticas? Com base nas evidências disponíveis, a marca tem se esforçado para manter os padrões éticos.

Entretanto, como muitas entidades globais, a demanda por maior transparência em suas operações permanece, garantindo que cada etapa de sua cadeia de produção esteja alinhada com os padrões éticos globais.

Onde estão localizadas as fábricas da Under Armour?

A produção da Under Armour não se restringe a poucos locais. A escolha dos locais de fábrica desempenha um papel fundamental na determinação da eficiência, da relação custo-benefício e até mesmo do impacto ambiental do processo de produção. 

Para aqueles que desejam entender a intrincada matriz da rede de fabricação da Under Armour, aqui está o que consegui encontrar.

Domínio da produção pan-asiática A Ásia se destaca no mapa de fabricação da Under Armour. 

Com um colossal 65% de sua produção enraizada nesse continente, fica claro que países como Camboja, Vietnã, Filipinas e Indonésia desempenham um papel vital na formação do estoque da marca. 

Cada uma dessas nações possui uma combinação única de mão de obra qualificada, infraestrutura e localização estratégica que as torna atraentes para a fabricação de roupas.

Base de fornecedores diversificada Indo além dos centros de produção primários, a Under Armour garantiu uma base de fornecedores diversificada para fortalecer a resiliência de sua cadeia de suprimentos.

LEIA  18 Trajes bonitos para adolescentes 2023 | Roupas da moda para meninas adolescentes

Os principais fornecedores estão estrategicamente localizados na Malásia, garantindo fácil acesso aos mercados do sudeste asiático, na China, com sua escala de fabricação incomparável, em Taiwan, conhecida por suas inovações tecnológicas, e no México, que oferece proximidade com o vasto mercado norte-americano.

Alcance global com foco específico Embora as principais usinas de produção sejam essenciais, a vantagem global da Under Armour é ainda mais aguçada por fábricas menores especializadas situadas em diferentes continentes. 

Essas fábricas, encontradas em países tão variados quanto Brasil, Egito, Israel e Madagascar, concentram-se na elaboração de categorias específicas de produtos. 

Essa especialização não apenas garante a qualidade, mas também introduz eficiências na produção por meio da concentração de conhecimentos especializados.

Uma base sólida nas Américas As Américas, tanto a Central quanto a do Norte, têm sua importância na narrativa de produção da Under Armour. 

A América Central, com sua localização estratégica e seu crescente setor de manufatura, responde por 14% da produção da marca. 

Enquanto isso, o México, com sua combinação de mão de obra qualificada e vantagens logísticas devido à sua proximidade com os EUA, contribui com 5%.

Concluindo

Ao refletirmos sobre a jornada da Under Armour, fica evidente que a marca dá importância fundamental ao bem-estar de seus clientes e funcionários. 

Suas medidas proativas para promover ambientes de trabalho seguros, aliadas à sua sensibilidade aguçada às demandas do mercado, falam muito de sua dedicação. 

O espírito inovador da marca brilha em produtos como o Coldblack, criado para regular a temperatura para atletas, e a integração pioneira de módulos Bluetooth em calçados. 

Seguindo em frente até 2023, a Under Armour permanece inabalável em sua busca: fornecer roupas esportivas excepcionais e, ao mesmo tempo, adotar firmemente padrões de produção éticos e transparentes.

Relacionado



Posts relacionados

/* */

Você não pode copiar o conteúdo desta página

pt_BRPortuguese