Por que a Shein é tão barata?

por Tim Blue

A Shein é uma marca adorada por milhões de pessoas e você pode obter alguns dos estilos mais recentes por preços muito baratos. Mas Por que a Shein é tão barata e popular?? Continue lendo para saber mais!

Desde que encontrei a Shein pela primeira vez na Internet, fiquei impressionado com o preço baixo e acessível de suas roupas e acessórios. De camisetas e blusas a jeans, leggings, calças, vestidos e até roupas de banho, tudo por menos de $50-$100.

Isso me fez pensar: como a Shein consegue manter a margem de preço acessível e como conseguiu conquistar uma base de clientes tão grande em menos de 15 anos? Por isso, analisei a fundo algumas das práticas da Shein para descobrir exatamente como elas funcionam.

Este artigo é a resposta para sua pergunta "Por que a Shein é tão barata?" e inclui detalhes sobre o que consegui descobrir sobre a empresa, então dê uma olhada!

Em poucas palavras, a Shein expõe o ponto fraco do setor da moda. A maioria dos produtos que você compra em termos de vestuário tem um preço muito alto. O jeans Levi's que você compra teria custado uma fração do valor que você realmente pagou por ele. Todos os outros custos são custos de marketing, de marca etc. O custo das roupas é, na verdade, muito barato. A Shein permite que seu preço faça o marketing.

Como a Shein é tão barata? O Reddit explica

Shein é barato porque

  • Eles fabricam a granel
  • Eles obtêm as matérias-primas em grandes quantidades, o que reduz o custo dos itens

A Shein já existe há algum tempo e sempre foi capaz de oferecer roupas de boa qualidade a preços baixos. Um dos principais motivos pelos quais a empresa consegue fazer isso é que a Shein não investe muito dinheiro em anúncios e lojas de varejo, mas depende do boca a boca e dos influenciadores das mídias sociais para colocar seus produtos no mercado.

A Shein tem uma grande presença na mídia social em aplicativos como Tik Tok e Instagram, com celebridades famosas e até mesmo influenciadores que elogiam a marca, portanto, em última análise, a empresa deve ver um aumento nas vendas quando alguém famoso estiver usando suas roupas.

Para que você entenda completamente como a Shein consegue praticar preços tão baixos em seus produtos, dê uma olhada em seu modelo de negócios e saiba como ele funciona.

Como os produtos da Shein são tão baratos: Explicação do modelo de negócios da Shein

Embora as roupas fabricadas e vendidas em seu país de origem possam ser caras, as fabricadas e vendidas por varejistas chineses geralmente tendem a ser muito mais baratas e, às vezes, custam menos da metade do preço. 

A Shein não é diferente e, na verdade, conseguiu adotar o mesmo modelo de negócios que outra superpotência chinesa vem seguindo há algum tempo, nada menos que a Xiaomi.

Portanto, se você não sabe como a marca consegue se manter à tona sem investir muito, continue lendo.

Baixos custos de fabricação

Como a Shein está sediada na China, seus produtos são acessíveis porque o custo geral de fabricação é baixo. 

As matérias-primas são muito mais baratas na China porque estão prontamente disponíveis e os custos de fabricação tendem a ser mais baixos porque as leis trabalhistas na China são tão flexíveis que algumas fábricas tendem a trabalhar demais e a pagar menos a seus funcionários, o que gera lucros para a empresa.

A Shein tem menos intermediários

Sim, a Shein não depende de ninguém quando se trata de fabricação, venda ou mesmo logística e armazenamento de seus produtos. A redução dos intermediários ajudou a marca a economizar muito dinheiro. 

Além disso, a Shein tem seus próprios depósitos situados em países do mundo todo e é a partir desses depósitos que os pedidos são enviados. 

Portanto, se você encomendar qualquer coisa da Shein, pode ter certeza de que o produto será enviado diretamente da fábrica para um dos depósitos mais próximos e, em seguida, enviado para o seu endereço residencial, o que é muito mais econômico para a empresa.

Não há lojas físicas

Você leu certo, a Shein não tem lojas de varejo em nenhum dos países para os quais vende. Embora ter uma loja de varejo possa ser conveniente para o usuário final, já que podemos experimentar as roupas e verificar uma variedade de produtos em primeira mão, não é economicamente viável, considerando o valor que a empresa terá de gastar com aluguel, eletricidade, manutenção e pessoal.

Para que nós, os compradores, tenhamos uma compreensão clara do que estamos comprando, a Shein criou o hábito de ter informações importantes sobre cada produto disponíveis em suas respectivas páginas. 

Além disso, levando em consideração o fato de não ter lojas físicas, a Shein oferece devoluções e remessas gratuitas na maioria dos países que atende. E em alguns lugares, como o Reino Unido ou os EUA, onde há centenas de milhares de compradores, a Shein organiza barracas pop-up por um período de um ou dois dias, onde os compradores podem realmente sentir os produtos antes de comprá-los. 

Isso é muito mais barato do que em uma loja comum e, até agora, a Shein conseguiu dominar o mercado com um modelo de negócios tão básico.

Vendas rápidas e armazéns menores

As vendas relâmpago e a posse de armazéns menores realmente ajudam a Shein a economizar dinheiro e, ao mesmo tempo, a não perder no mercado. A Shein acredita que, ao oferecer descontos aos seus clientes diariamente, ela pode se livrar do estoque atual para que um novo lote possa ser trazido. 

Como a Shein fabrica produtos a granel, essa abordagem é boa, pois não só a ajuda a vender centenas de produtos em cada venda relâmpago, como também a ajudou a ganhar popularidade por sua frequente rotação de estoque. Isso é uma situação em que todos saem ganhando.

Baixos custos de publicidade

O marketing digital é a nova tendência e a Shein está em vantagem, pois depende exclusivamente do marketing on-line de seus produtos. Além de ser mais barato, há um alcance maior ao usar plataformas como Instagram, Tik Tok e Facebook para comercializar seus produtos.

Em geral, as marcas tendem a cobrar um preço mais alto por seus produtos quando dependem de publicidade na TV, em outdoors e até mesmo nos jornais. Isso é feito para cobrir as despesas, de modo que possam obter lucro. 

A Shein, por outro lado, não se importa em contar com influenciadores e publicidade digital paga para aumentar suas vendas. Dessa forma, eles economizam dinheiro em custos de publicidade e conseguem manter os preços de seus produtos tão baixos. É uma jogada inteligente se você realmente sentar e pensar sobre isso. A Shein, assim como a Xiaomi, entrou em um mercado inexplorado e, surpreendentemente, conseguiu dominá-lo.

Vendas de alto volume

O objetivo final da Shein é vender muitas roupas e eles não se concentram na qualidade, mas na quantidade. 

A marca é conhecida por basear suas margens de lucro na quantidade de roupas que acaba vendendo em uma determinada estação e é por isso que ela consegue fornecer roupas baratas e abaixo do preço de mercado. 

Portanto, o que eles fazem aqui é fabricar um pouco menos de 100 unidades de qualquer novo item e somente se houver demanda é que eles fabricarão mais, o que é feito para que não haja desperdício. Isso é feito para que não haja desperdício. Isso também ajuda a empresa a saber se o item está em alta ou não e a não desperdiçar custos de fabricação ou de armazenamento em produtos que não vendem.

Mesmo como varejista, se a empresa for capaz de fornecer as menores taxas de atacado possíveis para uma única unidade e ainda assim obter lucro, então ela deve estar fazendo algo certo.

Como a Shein se tornou tão popular?

Há vários fatores que ajudaram a Shein a ganhar popularidade ao longo dos anos. Com pouco ou nenhum investimento em marketing, você deve estar se perguntando como a marca se tornou tão popular em um período tão curto de tempo? 

Bem, a resposta a essa pergunta é com a ajuda dos embaixadores da marca, dos influenciadores sociais e do boca a boca. Por exemplo, A Shein conseguiu limitar sua receita para o ano fiscal de 2021 em $15,7 bilhões de dólares o que representa um aumento aproximado de 66% em comparação com seus ganhos de 2020.

Aqui estão alguns dos truques que a Shein fez ao longo dos anos para chegar onde está A maior empresa de moda on-line do mundo.

Sistema de direcionamento baseado em algoritmo

A primeira e principal razão pela qual a Shein conseguiu se tornar tão popular é o fato de ela usar algoritmos para determinar quais estilos estão em alta. Graças a essa abordagem, a marca conseguiu adicionar mais e mais novos estilos de roupas ao seu inventário diariamente, o que fez com que os usuários se aglomerassem no site para obter roupas baratas e acessíveis. 

Obviamente, se você entrar em um mercado em constante mudança e conseguir agradar os clientes, sua base de clientes crescerá com o mínimo de esforço. Com base em descobertas recentes, a empresa acrescenta, em média, mais de 3.000 novos estilos de roupas por semana.

Prazos de entrega rápidos

A Shein entrega os pedidos em um curto período de tempo, deixando os clientes querendo mais e, graças ao software confiável de gerenciamento da cadeia de suprimentos usado pela Shein, você será notificado sobre o seu pedido em cada etapa do processo, o que lhe dará a tranquilidade de saber que o pedido será entregue em breve.

Uso de embaixadores e influenciadores da marca

A maior parte da popularidade da marca se deve exclusivamente aos influenciadores de mídia social e aos aplicativos sociais on-line. A Shein gosta de comercializar sua nova linha de produtos com a ajuda de embaixadores da marca ou influenciadores de mídia social que normalmente têm milhares e milhares de seguidores. 

Quando uma figura de destaque usa e comercializa seus produtos para seus seguidores, a base de mercado da empresa cresce e o número de pedidos aumenta. 

Isso não apenas ajudou a empresa a economizar dinheiro, mas também aumentou suas vendas e se tornou uma das marcas mais populares do mundo.

FAQ's

A Shein vale seu dinheiro?

Lembre-se de que nem tudo que você compra na Shein vale o seu dinheiro. Na verdade, a maioria dos produtos pode nem ter a mesma aparência das fotos e você terá de confiar nas avaliações dos compradores para saber o que é bom e o que não é.

A Shein é de baixa qualidade?

Bem, ao comprar na Shein, você não está comprando algo da melhor qualidade. Em vez disso, a maioria dos produtos é feita de materiais baratos e acessíveis que podem durar algumas vezes. Entretanto, há alguns itens, como roupas de banho e alguns vestidos, que só podem ser usados uma vez, pois tendem a ficar distorcidos ou esticados após algumas lavagens.

É seguro comprar Shein para revender?

Essa é uma pergunta difícil, pois a Shein não permite a redistribuição de seus produtos. No entanto, em circunstâncias muito específicas, a Shein permite a redistribuição, mas somente se você entrar em contato com ela pessoalmente para informar seus requisitos e se os produtos selecionados se enquadrarem na categoria de redistribuição.

Leia também:

LEIA  Top Aliexpress Webcam 2023 | Melhor Webcam Chinesa


Posts relacionados

/* */

Você não pode copiar o conteúdo desta página

pt_BRPortuguese